ARPA

O maior programa de conservação de florestas tropicais do planeta.

Arpa vai apoiar mais 6 Unidades de Conservação

Maior programa de conservação de florestas tropicais do planeta chega a 59,2 milhões de hectares de áreas protegidas na Amazônia

Por Fábia Galvão

20150824_094606Nesta segunda-feira (24),  o Comitê do Programa Arpa aprovou a adesão de seis Unidades de Conservação (UCs) à sua rede. Com a inclusão das novas áreas protegidas, a iniciativa passa a proteger 111 UCs e uma área total de 59,2 milhões de hectares, que correspondem a 98,6% da meta: a conservação de 60 milhões de hectares da Amazônia.

As novas UCs do Arpa encontram-se no Pará (Reserva Extrativista (Resex) Marinha Cuinarana, Resex Marinha Mestre Lucindo e Resex Marinha Mocapajuba), Amazonas (Estação Ecológica (ESEC) Jutaí Solimões e Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Matupiri) e Rondônia (Resex do Rio Pacaas Novos). Outras três UCs tiveram sua criação pré-aprovada pelo Comitê e aguardam o parecer técnico da Unidade de Coordenação do Programa (UCP).

Compromisso governamental

A seleção das Unidades de Conservação acontece após a publicação do Decreto nº 8.505, de 20 de agosto de 2015, que destaca e afirma o compromisso do governo federal com o Programa segundo o coordenador do Arpa,Thiago Barros. “O texto amplia o escopo das atividades de manutenção das UCs de usos sustentável. Também explicita que a União vai desenvolver mecanismos e planejar o aporte de recursos para atender às necessidades de implementação das UCs federais que integram o Programa”, explica o gestor.

O Decreto 8.505/2015 também altera a composição do comitê do Programa, que passará a ser composto por representantes dos Ministérios do Meio Ambiente (MMA), Planejamento Orçamento e Gestão (MP) e Fazenda (MF), do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgãos gestores estaduais, doadores privados e sociedade civil.

Thiago Barros lembrou que o MMA poderá designar outros representantes do governo federal pra integrar esse comitê, de modo a assegurar a transparência e o controle social do Programa. O Decreto entrará em vigor no dia 20 de novembro de 2015, e segundo o coordenador do Arpa “reforma o Programa e  corrige falhas do Decreto 4.326/2002”, que criou a iniciativa.

Comentários estão fechados.

Acompanhe

Receba a Newsletter

Carregando...Carregando...


Notícias

ler todas

Mapa das Unidades de Conservação

  • SEPN 505 Ed. Marie Prendi Cruz

    Bloco B - Sala 405

    CEP: 70730-540

    Brasília - DF

    Telefone.: +55 (61) 2028-2137

    Email: arpa@mma.gov.br

  • Programa ARPA. Site sob uma licença específica, seu conteúdo pode ser reproduzido desde que citada a fonte.