Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Biomas > Mata Atlântica > Projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica
Início do conteúdo da página

Projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica

Projeto biodiversidade

O projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica (projeto Mata Atlântica) é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente – MMA, no contexto da Cooperação Brasil-Alemanha para o Desenvolvimento Sustentável, no âmbito da Iniciativa Internacional de Proteção ao Clima – IKI do Ministério do Meio Ambiente, Proteção da Natureza, Construção e Segurança Nuclear da Alemanha – BMUB.

O objetivo do projeto é promover a conservação da biodiversidade e a recuperação da vegetação nativa em três regiões de mosaicos de unidades de conservação da Mata Atlântica, a fim de contribuir para a mitigação e adaptação à mudança do clima.

Produtos de comunicacao visual do Projeto Biodiversidade e Mudancas Climaticas na Mata Atlantica2     Produtos de comunicacao visual do Projeto Biodiversidade e Mudancas Climaticas na Mata Atlantica

O projeto Mata Atlântica é composto por um Módulo de Cooperação Técnica, por meio da Deutsche Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ) GmbH, e por um Módulo de Cooperação Financeira, por meio do KfW Entwicklungsbank e por intermédio do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – Funbio. Os módulos compartilham dos mesmos objetivos e executam atividades complementares, e juntos compõem o projeto Mata Atlântica.

O Módulo de Cooperação Técnica do projeto foi realizado entre abril de 2013 e março de 2018, tendo como foco principal a assessoria e a disponibilização de serviços para o desenvolvimento conceitual e metodológico, bem como a facilitação de parcerias e o desenvolvimento de capacidades. O Módulo de Cooperação Financeira foi iniciado em novembro de 2016 com prazo até dezembro de 2020, e visa a viabilização de investimentos de maior porte e escala para a implementação de ações de conservação e recuperação da Mata Atlântica.

Produtos de comunicacao visual do Projeto Biodiversidade e Mudancas Climaticas na Mata Atlantica copy  Produtos de comunicacao visual do Projeto Biodiversidade e Mudancas Climaticas na Mata Atlantica3

As atividades realizadas nesse projeto foram concentradas em três regiões onde se localizam mosaicos de unidades de conservação da Mata Atlântica: Mosaico de Áreas Protegidas do Extremo Sul da Bahia – MAPES; Mosaico da Mata Atlântica Central Fluminense – MCF; e Mosaico do litoral sul do Estado de São Paulo e do litoral do Estado do Paraná – Mosaico do Lagamar.

Adicionalmente, foram contemplados atores atuantes na Mata Atlântica na região Nordeste, localizados nos estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Piauí e Ceará, com um foco específico em medidas de desenvolvimento de capacidades e fortalecimento institucional.

Okasjdka

Os mosaicos foram entendidos como regiões prioritárias para o alcance dos objetivos do projeto, pois a gestão integrada das unidades de conservação e de suas áreas de abrangência possibilita a implementação de instrumentos de ordenamento territorial integrados e a incorporação de aspectos relacionados à mudança do clima, aprimorando as condições para a recuperação da Mata Atlântica e a conectividade dos seus ecossistemas. Além disso, propicia a manutenção e valorização dos serviços ecossistêmicos.

Por meio da implementação em três regiões definidas, esperava-se otimizar esforços, aumentar o impacto e a efetividade das ações realizadas, e obter bons resultados a longo prazo, visando construir modelos que poderão ser replicados em outras regiões da Mata Atlântica.

Saiba mais sobre os temas abordados e resultados alcançados pelo projeto Mata Atlântica acessando o menu ao lado ou clicando nos itens abaixo.  

mp2  
 
mp3   mp6

A implementação do projeto Mata Atlântica como um todo, suas experiências e aprendizados, foram sistematizados em uma publicação dividida em duas partes, Experiências e Aprendizados (Parte I) e Estudos de Caso (Parte II), com o objetivo de que as reflexões apresentadas permitam aprimorar a execução do Módulo de Cooperação Financeira do projeto e auxiliar na elaboração e execução de novos projetos de cooperação internacional no âmbito do Ministério do Ambiente, bem como de outras iniciativas correlatas aos temas e objetivos do projeto.

Os resultados já alcançados pelo projeto Mata Atlântica, e os que ainda serão alcançados na continuidade do Módulo de Cooperação Financeira, têm um grande potencial de promover impactos positivos na conservação e recuperação da vegetação nativa nas regiões de atuação do projeto e em toda a Mata Atlântica, tornando-se parte de uma estratégia de adaptação à mudança do clima baseada na conservação da biodiversidade e dos serviços ecossistêmicos.

Acesse a publicação pelo link abaixo:

Projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica: Experiências e Aprendizados (Parte I)

Projeto Biodiversidade e Mudanças Climáticas na Mata Atlântica: Estudos de Caso (Parte II)

Acesse todas as publicações realizadas ou apoiadas pelo projeto Mata Atlântica clicando no item abaixo

mp5  


As seguintes instituições fazem parte da estrutura de governança do projeto Mata Atlântica: 
  Parceiros

SP

Bahia  

Parana 
Rio

 Pacto  

Rede



Fim do conteúdo da página