ARPA

O maior programa de conservação de florestas tropicais do planeta.

Quem é quem (MMA)

Ministério do Meio Ambiente – MMA

 O MMA é o coordenador do Programa ARPA e o seu principal papel é monitorar e assegurar a manutenção e melhoria do avanço técnico para a consolidação de UCs e a manutenção das UCs no longo prazo, assumindo plenamente a responsabilidade pela apresentação de relatórios e análises conforme disposto no Manual Operacional do Programa (MOP). Compete ao MMA as seguintes atividades, além de demais atribuições elencadas no MOP:

a) Coordenar a execução do Programa ARPA, nos termos de DECRETO de referência, visando à criação e consolidação de, ao menos, 60 (sessenta) milhões de hectares de UCs no bioma Amazônico, de modo a assegurar a conservação da biodiversidade na região e contribuir para o seu desenvolvimento sustentável de forma descentralizada e participativa;

b) Promover a articulação entre os OGs das UCs apoiadas pelo Programa ARPA, o GF, o CP e o CFT;

c) Buscar o aporte de recursos financeiros necessários para a implementação do Programa ARPA no âmbito do Governo Federal, disponibilizados por meio do orçamento anual da União, para atividades nas UCs e pela UCP;

d) Envidar esforços para viabilizar pessoal adequado, nas UCs e na UCP, para a execução do Programa ARPA;

e) Presidir e manter o CP;

f) Manter a Unidade de Coordenação do Programa – UCP, para o exercício das atividades de
coordenação, acompanhamento e execução do Programa ARPA e que funcionará como Secretaria Executiva para o CP, responsável pela comunicação entre CP e CFT;

g) Convocar e manter o Painel Científico de Aconselhamento do Programa – PCA, e coordenar e convocar o Fórum Técnico e a Comissão de Gestores;

h) Organizar o processo de alocação de recursos nos orçamentos bianuais das UCs em conjunto com o GF;

i) Revisar os orçamentos bianuais propostos pelas UCs e OGs no que tange à elegibilidade dos serviços e insumos planejados em relação às regras do FT;

j) Consolidar, anualmente, todos os relatórios financeiros e de implementação referentes às UCs apoiadas pelo Programa ARPA, conforme Relatório A do Anexo 2.7;

k) Monitorar o cumprimento dos planos de consolidação das UCs apoiadas pelo Programa ARPA;

l) Disponibilizar ao CP e ao CFT os dados referentes à alteração da cobertura florestal por UC, ao monitoramento da biodiversidade, as novas UCs criadas e os indicadores de benefícios socioambientais bienialmente;

m) Elaborar, e apresentar ao CP, o Relatório Compreensivo de Progresso do ARPA, conforme Relatório B do Anexo 2.7 do MOP, fazendo uso dos dados e análises apresentados pelos OGs;

n) Elaborar, e apresentar ao CP, o Relatório Bianual de necessidades financeiras do ARPA, conforme Relatório C do Anexo 2.7 do MOP;

o) Elaborar o Relatório de Análise Financeira anualmente, conforme Relatório G do Anexo 2.7 do MOP;

p) Elaborar o Relatório de Avaliação de Efetividade, a cada cinco anos, conforme Relatório D do Anexo 2.7 do MOP;

q) Manter, atualizar e realizar análises regularmente da modelagem de custos e da modelagem financeira do Programa ARPA, conforme Relatório E e F do Anexo 2.7 do MOP;

r) Monitorar, em conjunto com os OGs, o cumprimento das Condições de Desembolso, tal como estabelecido no Módulo 2 do MOP;

s) Consolidar, anualmente, o relatório de equipe alocada nas UCs apoiadas pelo Programa ARPA;

t) Zelar pela correta e adequada utilização dos bens adquiridos e doados pelo GF.

 

Composição:

Izabella Mônica Vieira Teixeira (Ministra de Estado do Meio Ambiente)
gm@mma.gov.br

Roberto Brandão Cavalcanti (Secretário de Biodiversidade e Florestas)
roberto.cavalcanti@mma.gov.br

Sergio Henrique Collaço de Carvalho (Diretor de Áreas Protegidas)
sergio.carvalho@mma.gov.br

 

Acompanhe

Receba a Newsletter

Carregando...Carregando...


Notícias

ler todas

Mapa das Unidades de Conservação

  • SEPN 505 Ed. Marie Prendi Cruz

    Bloco B - Sala 405

    CEP: 70730-540

    Brasília - DF

    Telefone.: +55 (61) 2028-2137

    Email: arpa@mma.gov.br

  • Programa ARPA. Site sob uma licença específica, seu conteúdo pode ser reproduzido desde que citada a fonte.